O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

Escola de samba acusa a organização de não ter disponibilizado os ônibus para transportar os carnavalescos ate Curitiba

A edição 2018 do carnaval de Curitiba promete ter consequências na justiça. A escola Unidos de Pinhais, que desfilou no começo da tarde de sábado (10), no grupo de acesso, anunciou uma ação contra a Comissão de Carnaval que não teria disponibilizado dois ônibus para o transporte dos carnavalescos que moram em Pinhais e Colombo, na região metropolitana, até a Rua Marechal Deodoro, palco do desfile.

  • ANDREA TORRENTE

Unidos de Pinhais anuncia ação contra a Comissão de Carnaval

Por causa disso, a escola de samba chegou a desfilar com 43 minutos de atraso, o que acarretou uma penalização de 43 pontos na pontuação final, excluindo a escola de uma possível vitória.

De acordo com Luiz Antunes Rodrigues, responsável e compositor da Unidos de Pinhais, além do atraso, a escola desfilou desfalcada. Cerca de 100 foliões não conseguiram comparecer ao desfile. Antunes anunciou uma ação na justiça contra a comissão de carnaval.

Jaciel Teixeira, presidente da Comissão de Carnaval, responde as acusações afirmando que “a escola é a única responsável pelo deslocamento até a avenida”. Contudo, há de fato um acordo entre a Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e a Urbs para que as empresas de ônibus disponibilizem transporte coletivo para os carnavalescos das escolas que o solicitarem.

“Não sabemos o que aconteceu. Talvez a responsabilidade seja da Urbs”, diz Teixeira. Para ele,  a Fundação Cultural de Curitiba não é responsável pelo deslocamento dos foliões.

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Visitantes

002408647
Hoje
Ontem
Ultima Semana
Ultimos Mêses
Este Mês
Último Mes
Total Geral
493
2058
11176
2383489
41703
61069
2408647

Your IP: 172.68.65.190
Server Time: 2018-06-23 04:59:47

Facebook