O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

As empresas do transporte coletivo de Curitiba e Região Metropolitana afiram que estão operando com a reserva de combustível. Segundo nota enviada à imprensa, com a paralisação dos caminhoneiros, as empresas estariam operando no "alerta vermelho", ou seja, os estoques as empresas estaria baixo nas garagens. "Se o problema persistir, a prestação do serviço de transporte coletivo pode ser afetada de maneira geral já a partir desta quinta-feira (24)", diz a nota.

Ainda segundo a nota, as empresas já teriam se manifestado junto à Urbs (Urbanização de Curitiba), solicitando a adoção de uma operação de contingência, como a retirada de tabelas especiais de reforço e carros extras. Procurada pela reportagem, a assessoria da Urbs informou que ainda não foi notificada sobre a questão. Por conta disso, até então a orientação, segundo a assessoria, é para que as empresa façam reservas a fim de manter o atendimento do transporte público à população. 

Leia a nota na íntegra.

Devido à falta de abastecimento de combustíveis, em razão do protesto de caminhoneiros, as empresas de ônibus de Curitiba e Região Metropolitana já estão operando em alerta vermelho, pois o estoque nas garagens está baixo. Se o problema persistir, a prestação do serviço de transporte coletivo pode ser afetada de maneira geral já a partir desta quinta-feira (24).

As empresas manifestaram sua preocupação junto à Urbs (Urbanização de Curitiba) e pediram para que ela adote, de imediato, uma operação de contingência, como a retirada de tabelas especiais de reforço e carros extras. As operadoras seguem acompanhando atentamente o desenrolar dos acontecimentos e trabalham em conjunto com a Urbs em busca de soluções.

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Visitantes

003123281
Hoje
Ontem
Ultima Semana
Ultimos Mêses
Este Mês
Último Mes
Total Geral
2043
1844
10523
3104381
46875
184588
3123281

Your IP: 52.200.130.163
Server Time: 2019-04-25 22:55:20

Facebook