O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

Após quatro anos de implantação da Unidade de Transbordo os números demonstram os resultados positivos

 

Clique para ver todas as Imagens

Em agosto de 2014, a Prefeitura de Pinhais inaugurou a Unidade de Transbordo, que visa a otimização do processo de coleta, transporte e disposição final de resíduos sólidos urbanos domiciliares, viabilizando o transporte dos resíduos sólidos coletados no município. E após quatro anos da implantação deste espaço os números demonstram os resultados positivos. 

Desde que começou a operar, 131.217,05 toneladas de resíduos foram transbordados, aproximadamente 874.000 km deixaram de ser percorridos até o Aterro Sanitário. "Isso representa a diminuição de combustível que seria consumido pelos caminhões e o que acarreta, consequentemente, na diminuição de cerca de 1.177.715 kg de CO2 emitidos para a atmosfera, com base no manual do Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC)", explica a engenheira ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Caroline Beleski Carneiro. Ressalta-se que o CO2 emitido para a atmosfera, proveniente da queima do combustível, é um gás poluente e que contribui para o agravamento do efeito estufa. 

A redução de custos com o transporte dos resíduos até o seu destino final, o Aterro Sanitário da Estre, localizado em Fazenda Rio Grande, foi a principal questão que colocou a unidade própria como uma alternativa viável, uma vez que a distância é de aproximadamente 35 km. Tal procedimento está previsto no Consórcio Intermunicipal para a Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos (CONRESOL), do qual o município faz parte. 

Os caminhões coletores da empresa terceirizada Transresíduos, percorrem os bairros do município, segundo cronograma de coleta, e ao atingir o limite de peso suportado se dirigem à Unidade de Transbordo. "Lá uma carreta caçamba com capacidade entre 22 e 27 toneladas, sendo que cada carreta transporta em média três caminhões coletores, fica à disposição para receber a carga dos caminhões coletores, que então conduz os resíduos acumulados até o município de Fazenda Rio Grande", acrescenta Caroline Beleski Carneiro. Desta forma, o número de viagens que os caminhões realizam no transporte até o destino final é reduzido, o que além de evitar atrasos na execução do serviço, contribui para a economia do município. 

Outra vantagem é que o Transbordo não prevê o acúmulo de resíduos, ou chorume. Isso se deve ao fato de que os resíduos eventualmente desviados durante o processo de transferência de um caminhão para outro, serão recolhidos por uma retroescavadeira e colocados diretamente na caçamba do caminhão que realizará o transporte até a destinação final. O piso do local também é higienizado, diariamente, por meio de lavadoras de alta pressão. 

A Unidade de Transbordo está localizada no bairro Emiliano Perneta, sendo que a caracterização dos resíduos a serem recebidos pela local é dada como: orgânicos, rejeitos, recicláveis não encaminhados à coleta seletiva, dentre outros.

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Visitantes

003123281
Hoje
Ontem
Ultima Semana
Ultimos Mêses
Este Mês
Último Mes
Total Geral
2043
1844
10523
3104381
46875
184588
3123281

Your IP: 52.200.130.163
Server Time: 2019-04-25 22:55:20

Facebook