O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

Em menção ao Dia Mundial da Alimentação, a Prefeitura de Pinhais e o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA) promoveram um encontro nesta semana. O local da atividade foi o auditório da Secretaria de Educação, localizado no bairro Weissópolis.

A data oficial da celebração, 16 de outubro, foi escolhida por ser o dia em que foi criada a FAO, no ano de 1945, entidade cujo objetivo é elevar os níveis de nutrição e desenvolvimento rural.

De acordo com a vice-prefeita de Pinhais, Rosa Maria, esta temática ainda requer maior atenção. "Há alguns anos trabalhamos na busca pela segurança alimentar e nutricional em nosso município. E este é um grande desafio. Tantos são os temas que abordamos, mas a questão alimentar ainda é tão pouco debatida e isso é contraditório afinal o alimento é o que nos dá a vida e só por isso deve ser algo ser levado a sério. Aqui em Pinhais quanto mais avançamos neste contexto, mais percebemos o quanto temos para evoluir", ressalta.

A presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Maria Aparecida de Lima, enalteceu a importância da realização do encontro. "É fundamental que falemos sobre a nossa alimentação para buscar alternativas para melhorar isso. Diversidade de opções com qualidade é o que procuramos alcançar", afirma.

Karina Ruaro de Paula Chefe da Divisão de Vigilância Sanitária de Alimentos, da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, destacou a importância da intersetorialidade. "Como profissionais da vigilância Sanitária hoje temos um olhar não apenas focado na questão da fiscalização, mas também na segurança dos alimentos que estão sendo fornecidos a população. Aproveito para parabenizar a organização deste evento e o convite feito por Ari Frozza, do departamento de Agricultura e Abastecimento ", ressalta.

Representando a Câmara Municipal de Pinhais, a vereadora Professora Cineia, o cuidado com a alimentação é primordial. "Poucas pessoas se dedicam a esta temática. A busca pela alimentação saudável é um desafio difícil de ser vencido, afinal a oferta de produtos prontos, industrializados é grande e de fácil acesso. Mas devemos ter mais atenção e cuidado com o que consumimos", comenta.

A programação do evento contou com a palestra "Os malefícios dos agrotóxicos no campo e na cidade", ministrada por Marcos Andersen, promotor de saúde profissional da Divisão Sanitária de Alimentos da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná. Também foi ministrada palestra sobre "Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC)" por Luiz Lopes, engenheiro agrônomo, produtor de PANCs da Chácara Morena, no município de Mandirituba-PR.

Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

Pinhais foi a primeira cidade do Paraná a aderir ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan). Além disso, o município tem sido referência em se tratando do tema, para diferentes regiões do país. Para chegar a este cenário, Pinhais, por meio do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) e do Comitê Fome Zero, vem colocando em prática diversas ações. Tais políticas públicas são formuladas entendendo a segurança nutricional e alimentar como direito fundamental do ser humano.

Neste ano, foi lançada a versão revisada do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional para o período de 2018/2021, contendo oito diretrizes, dentre as quais se destacam: a instituição de processos permanentes de educação alimentar e nutricional; o fortalecimento das ações de alimentação e nutrição em todos os níveis da atenção à saúde; o apoio a iniciativas de promoção da soberania alimentar, segurança alimentar e nutricional, do direito humano à alimentação adequada.

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Visitantes

002703689
Hoje
Ontem
Ultima Semana
Ultimos Mêses
Este Mês
Último Mes
Total Geral
418
806
1224
2694444
27730
64885
2703689

Your IP: 162.158.78.152
Server Time: 2018-11-20 06:21:20

Facebook