O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

EDIÇÃO DO MÊS

DEZEMBRO

NOVEMBRO 

OUTUBRO 

SETEMBRO 

AGOSTO

JULHO

JUNHO

MAIO

ABRIL

MARÇO

FEVEREIRO

JANEIRO

 

No sábado (24) acontece o Dia de Mobilização Nacional e as unidades atenderão a população das 8h às 17h

Até o dia 30 de setembro as Unidades de Saúde da Família de Pinhais participam da Campanha Nacional de Multivacinação. No sábado (24) acontece o Dia de Mobilização Nacional e as unidades atenderão a população das 8h às 17h.

Exibindo Multivacinação.jpg

A Secretaria Municipal de Saúde salienta que a vacina contra a poliomielite, administrada via oral, será provida seletivamente nas crianças que ainda não tem o primeiro reforço, realizado aos 15 meses, ou o segundo reforço, fornecido aos 4 anos. Portanto, não será feita vacinação indiscriminada com esta vacina.

A Campanha Nacional de Multivacinação é a estratégia que a Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunização adotou com a finalidade de atualizar a situação vacinal da população menor de 5 anos de idade. Em 2016, incorporaram-se à estratégia as crianças de 9 e adolescentes de 10 anos a menores de 14 anos 11 meses e 29 dias.

De acordo com o Ministério da Saúde o objetivo da mobilização é convocar as famílias para levarem os filhos aos postos de vacinação, principalmente para completar as doses que estiverem pendentes.

Confira o quadro demonstrativo das vacinas disponibilizadas na Campanha Nacional de Multivacinação para crianças menores de 5 anos de idade:

 

 

Vacinas

 

 

Esquema vacinal

 

 

BCG

 

Dose única ao nascer. Disponível para crianças menores de cinco anos não vacinadas.

Hepatite B

Administrar uma dose ao nascer, podendo ser administrada até um mês de idade em crianças não vacinadas.

Para a criança maior de um mês de idade não vacinada, agendar a vacina penta para os dois meses de idade.

Penta

Criança de dois meses a menor de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias) deverá iniciar e concluir o esquema básico com esta vacina.

Ø  1ª dose aos dois meses

Ø  2ª dose aos quatro meses

Ø  3ª dose aos seis meses

VIP

Criança a partir de dois meses de idade a menor de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias) deve receber três doses desta vacina com intervalo de dois meses entre elas.

Ø  1ª dose aos dois meses

Ø  2ª dose aos quatro meses

Ø 3ª dose aos seis meses

VOPb - vacina oral poliomielite bivalente (substituiu a VOPt)

Criança a partir dos 15 meses a menor de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias) deve receber:

Ø  1º reforço aos 15 meses

Ø  2º reforço aos quatro anos

Atenção: a vacinaVOPb está substituindo a vacina VOPt, portanto, deverá ser administrada seletivamente nas crianças que ainda não tem o 1º ou o 2º reforço. NÃO SERÁ FEITA VACINAÇÃO INDISCRIMINADA COM ESTA VACINA.

Rotavírus humano

Ø  1ª dose aos dois meses

Ø  2ª dose aos quatro meses

Criança com idade de um mês e 15 dias a três meses e 15 dias pode receber a 1ª dose.

Criança com idade de três meses e 15 dias a sete meses e 29 dias pode receber a 2ª dose desta vacina.

Pneumocócica 10 valente

Criança a partir dos dois meses de idade deve receber duas doses desta vacina com intervalo de 60 dias entre elas, e uma dose de  reforço, preferencialmente aos 12 meses de idade, podendo ser administrada até os quatro anos de idade (quatro anos 11 meses e 29 dias).

 

Criança que iniciou o esquema básico após seis meses de idade, considerar o intervalo mínimo de 30 dias entre as doses e completar o esquema até os 12 meses de idade. O reforço deve ser administrado após 12 meses de idade, preferencialmente, com intervalo mínimo de 60 dias após a última dose. Nesta situação, administrar a dose de reforço até os quatro anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias). 

 

Criança entre um e quatro anos de idade com esquema completo de duas ou três doses (conforme o esquema adotado até 2015), mas sem a dose de reforço, administrar o reforço. 

 

Criança entre um e quatro anos de idade, sem comprovação vacinal, administrar uma única dose.

 

Meningocócica C conjugada

Criança a partir dos três meses de idade deve receber duas doses desta vacina com intervalo de 60 dias entre elas, e uma dose de  reforço, preferencialmente aos 12 meses de idade, podendo ser administrada até os quatro anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias). Intervalo entre as doses é de 60 dias, mínimo de 30 dias.

 

Criança que iniciou o esquema após cinco meses de idade deve completá-lo até 12 meses, com intervalo mínimo de 30 dias entre as doses; administrar o reforço com intervalo mínimo de 60 dias após a última dose.

 

Criança entre um ano a quatro anos de idade com esquema completo de duas doses, mas sem a dose de reforço, administrar  o reforço. 

 

Criança entre um e quatro anos de idade, sem comprovação vacinal, administrar uma única dose.

Febre amarela

Criança residente ou viajante aos nove meses de idade deve receber uma dose aos 9 meses e um reforço aos quatro anos de idade, de acordo com a área de recomendação de vacinação.

 

Crianças indígenas devem receber uma dose desta vacina aos 9 meses de idade e um reforço aos 4 anos, independente da área onde residem.

 

Criança até 4 anos de idade não vacinada, deverá receber uma dose da vacina e agendar o reforço com intervalo mínimo de 30 dias entre as doses.

 

Criança menor de dois anos de idade não vacinada, não administrar as vacinas tríplice viral ou tetra viral simultaneamente com a vacina febre amarela. Quando observada essa especificidade, agendar as outras vacinas com intervalo mínimo entre as doses de 30 dias, salvo em situações especiais que impossibilitem manter este intervalo (considerar 15 dias).

Tríplice viral

Criança deve receber a 1ª dose da vacina aos 12 meses de idade e agendar para os 15 meses de idade a tetra viral ou tríplice viral mais varicela (atenuada), conforme a disponibilidade da vacina.

 

Manter intervalo mínimo de 30 dias entre as doses para as crianças que chegarem aos serviços após 14 meses de idade.

Criança maior de 15 meses de idade sem nenhuma dose deve receber a 1ª dose e agendar a 2ª obedecendo ao intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

Tetra viral ou tríplice viral + varicela (atenuada)

Criança deverá receber uma dose da vacina tetra viral entre 15 e 23 meses de idade desde que já tenha recebido a 1ª dose da vacina tríplice viral. Não administrar a partir de 2 anos de idade.

                       

Na indisponibilidade da vacina tetra viral, administrar simultaneamente a 2ª dose de tríplice viral e uma dose de vacina varicela (atenuada).

DTP

Criança a partir dos 15 meses de idade a menor de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias) deve receber dois reforços.

Ø  1º reforço aos 15 meses

Ø  2º reforço aos quatro anos

 

Criança a partir de 15 meses e menor de quatro anos de idade, sem reforço: administrar o 1º reforço, e agendar o 2º reforço para os quatro anos de idade.

 

Criança com até quatro sem nenhum reforço administrar o 1º reforço. Neste caso estas crianças ficam liberadas do segundo reforço. Agendar dT para 10 anos após esse primeiro reforço.

 

Na indisponibilidade da vacina DTP, como reforço administrar a vacina penta.

Hepatite A

Criança deve receber uma dose aos 15 meses de idade. A idade máxima para administração é um ano, 11 meses, 29 dias.

 

Quadro demonstrativo das vacinas disponibilizadas na Campanha Nacional de Multivacinação para crianças de9 anos e adolescentes de 10 anos a menores de 15 anos de idade:

                   

 

Vacinas

 

Esquema vacinal

 

Hepatite B

Criança e adolescente comprovadamente não vacinada com a vacina hepatite B ou com a penta e adolescente sem comprovação vacinal: deve receber três doses da vacina hepatite B com intervalo de 30 dias entre a primeira e a segunda dose e de seis meses entre a primeira e a terceira dose (zero, um e seis meses).

Criança e adolescente com esquema vacinal incompleto: não necessita reiniciar o esquema, apenas completá-lo conforme situação encontrada.

Gestante adolescente não vacinada ou com esquema incompleto deve ser vacinada com avacina hepatite B de acordo com a situação vacinal, iniciando, ou completando o esquema. A vacina pode ser administrada a partir da comprovação da gravidez, em qualquer idade gestacional.

Febre amarela

Criança ou adolescente residente ou viajante deve receber uma dose da vacina e um reforço, a depender da situação vacinal:

Recebeu duas doses da vacina: considerar vacinado. Não administrar nenhuma dose.

Recebeu uma dose da vacina antes de completar cinco anos de idade: administrar um reforço, com intervalo mínimo de 30 dias entre as doses.

Nunca vacinados ou sem comprovante de vacinação: administrar uma dose da vacina e agendar um reforço após10 anos.

Gestantes, independente do estado vacinal, a vacinação não está indicada. Na impossibilidade de adiar a vacinação, em situações de emergência epidemiológica, vigência de surtos, epidemias ou viagem para área de risco de contrair a doença, o médico deverá avaliar o benefício/risco da vacinação.

 Adolescentes que estejam amamentando crianças com até 6 meses de idade, independentemente do estado vacinal: a vacinação não está indicada, devendo ser adiada até a criança completar 6 meses de idade.

Adolescentes que estejam amamentando e forem vacinadas inadvertidamente, suspender o aleitamento materno e encaminhá-la para o serviço de referência para orientações.

Tríplice viral

Criança ou adolescente que comprovar duas doses da vacina tríplice viral deve ser considerado vacinado.

 

Criança ou adolescente não vacinado ou com esquema incompleto, deve ser vacinado com a vacina tríplice viral conforme situação encontrada, considerando o intervalo mínimo de 30 dias entre as doses.

 

Esta vacina é contraindicada para gestantes

dT

Criança a partir de sete anos de idade ou adolescente não vacinado ou sem comprovação vacinal para difteria e tétano, administrar três doses com intervalo de 60 dias entre elas, mínimo de 30 dias.

 

Criança ou adolescente com esquema incompleto para difteria e tétano, completar esquema de três doses, considerando as doses anteriores, com intervalo de 60 dias entre elas, mínimo de 30 dias.

 

Na gestante a vacina dupla adulto (dT) pode ser administrada a partir da comprovação da gravidez, em qualquer período gestacional. Completar o esquema vacinal, preferencialmente até 20 dias antes da data provável do parto. Verificar o período da gestação e indicação da vacina dTpa, considerando que toda gestante deve receber pelo menos uma dose de dTpa durante a gestação.

dTpa

Gestante a partir da vigésima sétima semana (27a) a trigésima sexta (36a) semana de gestação, preferencialmente, administrar a vacina dTpa até 20 dias antes da data provável do parto, considerando o histórico vacinal de difteria, tétano (dT).

 

Gestantes que residem em áreas de difícil acesso poderão ser vacinadas a partir da vigésima (20a) semana de gestação.

HPV

Nas meninas de nove anos e nas adolescentes de 10 anos a menores de 13 anos, 11 meses e 29 dias de idade, administrar duas doses, com intervalo de seis meses entre elas.

 

Esta vacina está contraindicada para gestante.

 

Meninas que receberam a D1 e não completaram o esquema vacinal, mesmo após o período de 6 meses, devem receber a D2. Esta segunda dose pode ser administrada no máximo até 14 anos, 11 meses e 29 dias.

 

Meninas que receberam a D2 com menos de 6 meses após terem recebido a D1, devem receber uma terceira dose para completar o esquema, visto que a resposta imune está comprometida pelo espaço de tempo entre a primeira e a segunda doses.

 

Não administrar D1 para meninas maiores de 13 anos, 11 meses e 29 dias.

 

Meninas que já completaram o esquema vacinal com a vacina bivalente não devem ser revacinadas,

 

Nas meninas de nove anos e nas adolescentes de 10 anos a menores de 15 anos de idade, vivendo com HIV/Aids, administrar três doses com intervalo de dois meses entre a primeira e a segunda dose e seis meses entre a primeira e a terceira dose (esquema 0, 2 e 6 meses). Para a vacinação deste grupo, mantém-se a necessidade de prescrição médica.

 

Serviço

Confira o endereço e telefone das Unidades de Saúde da Família de Pinhais:

 

USF Tarumã- Rua Guilherme Weiss, 500, Estância Pinhais. Telefone: (41) 3912-5351.

USF Perdizes- Rua Crescêncio Batista, 514, Jardim Atuba. Telefone: (41) 3912-5359.

USF Tebas- Avenida Juriti, 132, Jardim Claudia. Telefone: (41) 3912-5358.

USF Perneta- Rua Maximiliano Rohrsetzer, 983, Emiliano Perneta. Telefone: (41) 3912-5357.

USF Esplanada- Rua Gana, 126, Centro. Telefone: (41) 3912-5356.

USF Vargem Grande- Rua Guilherme Ceolin, 551, Vargem Grande. Telefone: (41) 3912-5353.

USF Maria Antonieta- Rua Jerônimo Mendes dos Santos, 506, Maria Antonieta. Telefone: (41) 3912-5364.

USF Weissópolis- Rua Rio Trombetas, 888, Weissópolis. Telefone: (41) 3912-5352.

USF Ana Nery- Rua Jacarezinho, 1945, Alto Tarumã. Telefone: (41) 3912-5377.

USF Vila Amélia- Rua Arthur Bernardes, 342, Jardim Amélia. Telefone: (41) 3912-5365.

 

Exibindo Dia D.jpg

Na próxima sexta-feira, dia 23 de setembro, a Agência do Trabalhador de Pinhais realizará o Dia D, onde serão oferecidas oportunidades de trabalho para pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados

 

Durante a ação, que acontece nesta sexta-feira (23,) serão disponibilizadas oportunidades de trabalho para pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados

Na próxima sexta-feira (23) será realizada na Agência do Trabalhador de Pinhais mais uma edição do Dia D, Dia de inclusão social e profissional das pessoas com deficiência e dos beneficiários reabilitados. Os interessados devem comparecer ao local, para fazer ou atualizar o cadastro, munidos dos seguintes documentos: Carteira de Trabalho, RG e CPF.

“O Dia D, tem como objetivo reunir os trabalhadores com deficiência e os empregadores que desejam oportunizar a inclusão deste público. Neste dia contaremos com a presença de algumas empresas que realizarão o processo de contratação na Agência”, explica Giane de Jesus, do Departamento de Geração de Emprego e Renda.

A ação, promovida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em parceria com os municípios, tem o intuito de promover oportunidades de trabalhoespecíficas para este público. O MTE salienta que a iniciativa visa o atendimento, não só à pessoa com deficiência, como também do beneficiário reabilitado - pessoa que tenha cumprido o Programa de Reabilitação Profissional pelo Instituto Nacional de Seguro Social – INSS. O reabilitado, ao final do programa, recebe do INSS um certificado que lhe garante esta condição.

Importante destacar que, caso o candidato não encontre uma vaga, o cadastro ficará registrado no banco de dados da Agência do Trabalhador para futuras possibilidades de contratações.

Inclusão

 A Lei Federal nº 8.213/91 obriga as empresas, com mais de 100 funcionários, a incluírem pessoas com deficiência ou beneficiário reabilitado em seu quadro de efetivos e o MTE atua para que essa contratação se dê da melhor maneira possível. Para tanto, o órgão incentiva e cobra das empresas sua responsabilidade legal e social, de modo a proporcionar às pessoas com deficiência e aos beneficiários reabilitados o acesso a uma vaga no mercado de trabalho em igualdade de oportunidades.

Serviço

A Agência do Trabalhador está localizada na Rua 19 de Novembro, 175, no Centro de Pinhais. Mais informações pelo telefone (41) 3667-0982.

 

Serão realizados os cursos de Qualidade no Atendimento e Inglês, além de aulão preparatório para o Enem

A Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do Centro da Juventude, disponibiliza vagas para os cursos de Qualidade no Atendimento e Inglês, além de aulão de matemática para o Enem. Os cursos são gratuitos e as vagas são limitadas.

Para quem tiver interesse pelo curso de Inglês serão ofertadas aulas em dois períodos, manhã e noite. No dia 15 de setembro iniciam as aulas no turno da manhã, das 9h às 10h30, sendo realizadas neste horário sempre as quintas-feiras. As sextas-feiras serão realizadas as aulas noturnas, das 19h30 às 21h, com início no dia 16 de setembro. Destina-se a faixa etária de 12 a 17 anos.

O aulão de matemática será realizado no próximo sábado das 13h15 às 16h30, como resultado da parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e o Instituto Federal do Paraná, campus Pinhais. Já o curso de Qualidade no Atendimento inicia no dia 20 de setembro, e ocorre todas as terças e quintas-feiras, das 13h às 17h, sendo destinado à faixa etária a partir dos 14 anos.

Serviço

Informações e inscrições no Centro da Juventude de Pinhais localizado na Rua Rua Ataulfo Alves esquina com a Rua João Mendes Batista, bairro Maria Antonieta.  Telefone 3912-5746.

De 3 de outubro a 8 de novembro, estão abertas as inscrições para os Cursos Técnicos ofertados pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR)

 

Para se inscrever, o candidato deve ter concluído o ensino fundamental. As inscrições seguem até o dia 8 de novembro

A partir do dia 3 de outubro estarão abertas as inscrições para os cursos ofertados pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR) - Campus Pinhais. Para se inscrever, o candidato deve ter concluído o ensino fundamental. Os cursos ofertados integrados ao ensino médio são Técnico em Administração e Técnico em Informática.

As inscrições seguem até o dia 8 de novembro e podem ser realizadas pela internet ou pessoalmente no IFPR Pinhais, localizado no bairro Jardim Amélia. A taxa de inscrição é de R$ 60,00, porém os cursos são gratuitos. As aulas serão realizadas em período integral e os cursos têm duração prevista de quatro anos. A seleção dos candidatos será por meio de uma prova a ser realizada na data de 11 de dezembro.

Serviço

As inscrições podem ser feitas no site Pinhais.ifpr.edu.br, ou na própria sede do IFPR Pinhais que está localizado na Avenida Humberto Alencar Castelo Branco, 1575, no bairro Jardim Amélia. Mais informações pelo telefone (41) 3375-4970.

Pinhaienses conquistam medalha de prata em jogos paralímpicos Rio 2016. Eliseu dos Santos e Marcelo dos Santos são moradores do bairro Maria Antonieta e garantiram a segunda colocação na categoria Bocha BC4

Eliseu dos Santos e Marcelo dos Santos são moradores do bairro Maria Antonieta e garantiram a segunda colocação da categoria Bocha BC4

Foto: arquivo pessoal

Na última segunda-feira (12), os irmãos Marcelo e Eliseu dos Santos conquistaram para o Brasil a medalha de prata da modalidade Bocha, categoria BC4 nos Jogos Paraolímpicos Rio-2016. A dupla, que atualmente reside no bairro Maria Antonieta, em Pinhais, disputou a final contra a equipe da Eslováquia.

De acordo com os irmãos, Eliseu já disputou as paraolimpíadas de Pequim em 2008 e Londres em 2012, já Marcelo fez sua estreia nesta edição. Ainda segundo eles é um privilégio levar o nome de Pinhais para as competições que participam. “Somos pinhaienses de coração e atletas profissionais, por isso, para nós será satisfatório levar o nome de nossa amada cidade Pinhais para qualquer competição que participarmos”, declarou Marcelo dos Santos.

Bocha BC4

A modalidade bocha é adaptada é dividida por classes conforme o grau de comprometimento motor ou limitação do participante. Na categoria BC4 o atleta possui disfunção locomotora nos quatro membros de origem degenerativa ou não cerebral.

 

Os resultados referentes ao desempenho dos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental correspondem a um amplo trabalho realizado pela administração municipal

Pinhais mais uma vez melhorou o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb. No resultado, divulgado nesta semana, o município passou dos 5,8 pontos alcançado em 2013, para 5,9 em 2015. Os resultados referentes ao desempenho dos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental correspondem a um amplo trabalho realizado pela administração municipal de Pinhais para melhorar a qualidade da educação.

Entre as Escolas Municipais de Pinhais, a melhor avaliada foi a Escola Municipal José Brunetti Gugelmin. A unidade atingiu 7,2 pontos, um dos maiores do Estado. No índice anterior, a unidade havia alcançado 6,4 de pontuação.

De acordo com a secretária de Educação, Andrea Franceschini, o resultado reflete o trabalho desempenhado pelos profissionais nas salas de aula das unidades de ensino. “Este resultado é fruto do esforço dos educadores, pedagogos, professores, e demais agentes escolares, que visam a melhora gradativa no ensino que ofertamos”, salienta.

Para a diretora do Departamento de Ensino, Kelly Panini Fonseca de Souza, estimular o aprendizado é o real objetivo dos profissionais da Secretaria Municipal de Educação. “Certamente encaramos esta avaliação positiva de forma muito satisfatória. Isto serve como incentivo e é uma maneira de percebemos que estamos no caminho certo”, comenta.

Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado pelo Inep em 2007 e representa a iniciativa pioneira de reunir, em um só indicador, dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. O índice agrega ao enfoque pedagógico dos resultados das avaliações em larga escala do Inep a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Saeb – para as unidades da federação e para o país, e a Prova Brasil – para os municípios.

 

Alunos da educação especial de Pinhais participam de mostra cultural

A atividade foi realizada no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe), localizado no bairro Weissópolis

A Escola Municipal Elis de Fátima Zem promoveu a 5ª Mostra Cultural, alusiva ao dia da pessoa com deficiência intelectual e múltipla. A atividade foi realizada no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe), localizado no bairro Weissópolis em Pinhais.

A ação contemplou apresentações que demonstraram a superação, o desenvolvimento das habilidades e competências de cada aluno.  O evento contou com a participação de amigos, familiares e estudantes de outras unidades de ensino do município.

De acordo com Louize Mari da Rocha, gerente de Educação Especial e Inclusão Educacional de Pinhais, a apresentação tem como objetivo demonstrar o talento e sensibilidade dos alunos. “Sabemos que tudo é possível para estes alunos, as capacidades são imensas. Por isso, temos a consciência do quanto o exemplo vindo deles toca a todos”, comenta.

Educação Especial

A Educação Especial em âmbito nacional passa por diversas mudanças, principalmente no que compete a sua atuação. Atualmente, é vista dentro de uma perspectiva inclusiva e como tal deve transcorrer todos os níveis, etapas e modalidades, realizando o atendimento educacional especializado, disponibilizando os recursos e serviços e orientando quanto a sua utilização no processo de ensino e aprendizagem, nas turmas do ensino regular. Dentro desta perspectiva a Educação Especial deve complementar e/ou suplementar o trabalho do ensino regular, não trabalhando de forma paralela à educação substituindo o Ensino Regular com as Classes Especiais e as Escolas de Educação Especial.

Por meio da parceria entre a Prefeitura de Pinhais e o Sebrae-PR, Sala do Empreendedor disponibiliza palestras e consultoria aos empreendedores do município

 

Por meio da parceria entre a Prefeitura de Pinhais e o Sebrae-PR, a Sala do Empreendedor disponibiliza palestras e consultoria aos empreendedores do município. No local, são realizados atendimentos aos Microempreendedores Individuais (MEI) no que diz respeito aos assuntos referentes à formalização, alteração e baixas das Empresas, confecção de requerimentos, impressões de guias e declarações, além de fazer orientações e a divulgação de diversos cursos.

A Sala do empreendedor de Pinhais está localizada no Centro de Empreendedorismo e Artesanato (Ceart). A iniciativa é um importante projeto para o desenvolvimento econômico do município, onde as ações realizadas visam potencializar a implementação e institucionalização da Lei Geral nos Municípios, visando a melhoria do ambiente para os pequenos negócios, e contribuindo para a geração de emprego e renda.

A Sala também conta com um consultor especializado do Sebrae que realiza um trabalho de análise e orientação e propõe  ações que auxiliam no desenvolvimento da empresa. O consultor dispõe de uma hora para cada atendimento que precisa ser agendado antecipadamente por telefone. Os próximos dias de atendimento serão: 15 de setembro; 6 e 27 outubro e 17 de novembro. O horário de atendimento é das 9h às 12h e das 13h às 17h.

Confira o cronograma de palestras:

Tema: Nota Fiscal, dia 29 de setembro às 19h, no Ceart.

Tema: Plano de negócios / Expansão, dia 10 de outubro às 19h, no Ceart.

Tema: Como utilizar as mídias sociais para divulgar o MEI, dia 31 de outubro, às 19h, no Ceart.

Serviço

O Centro de Empreendedorismo e Artesanato (Ceart) está localizado na Avenida Ayrton Senna da Silva, 2842, no bairro Estância Pinhais. Telefone (41) 3901-5825.

Representantes da Prefeitura de Cruz Machado-PR estiveram no município para conhecer o trabalho realizado Exibindo Alimentação escolar.jpg

Nesta semana, representantes da Prefeitura de Cruz Machado-PR estiveram em Pinhais para conhecer o trabalho realizado no que diz respeito à alimentação escolar. As unidades escolares que receberam a visita foram a Escola Municipal Cândido Portinari e o Centro Municipal de Educação Infantil Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, ambas localizadas no bairro Jardim Cláudia.

De acordo com a nutricionista, Kelly Barczak, a alimentação escolar de Pinhais é referência para outros municípios. “Buscamos conhecer outra realidade, para que possamos receber informações para melhorar as ações referentes à alimentação escolar em nosso município. Sabemos que Pinhais possui a estrutura e organização que almejamos”, comenta.

Para Adriana Rosa Belloy, da Gerência de Alimentação e Nutrição Escolar de Pinhais, o reconhecimento é muito satisfatório. “Ficamos felizes pela visita. É um orgulho saber que nosso trabalho é referência em nosso Estado”, ressalta.

Segurança Alimentar e Nutricional 

Pinhais foi a primeira cidade do Paraná a aderir ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan). Além disso, o município tem sido referência em se tratando do tema, para diferentes regiões do país. Para chegar a este cenário, Pinhais, por meio do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) e do Comitê Fome Zero, coloca em prática diversa s ações. Tais políticas públicas são formuladas entendendo a segurança nutricional e alimentar como direito fundamental do ser humano. 

Entre os programas que integram o Sisan, cita-se o sistema informatizado de Vigilância Alimentar e Nutricional utilizado pela Secretaria de Saúde para o acompanhamento das crianças cujos responsáveis estão cadastrados no Programa Bolsa Família. Este também utilizado pela equipe de nutricionistas da Secretaria Municipal de Educação, com o intuito de monitorar as condições nutricionais dos alunos das Escolas e CMEIS de Pinhais

 

 

A grande espera dos fãs da motovelocidade brasileira está chegando ao fim, já que no próximo domingo, 11 de setembro, acontece a sexta etapa do SuperBike Brasil 2016. Os principais pilotos de motovelocidade do Brasil estarão em Pinhais, cidade que integra a região metropolitana de Curitiba, para a disputa da 6ª etapa do SuperBike Brasil, rodada que será realizada no Autódromo Internacional de Curitiba

Os ingressos do 3º lote custam R$ 40 e são vendidos pelo site Ticket Fácil e também nos postos de vendas físicos cadastrados. Não perca tempo e adquira já a sua entrada. Para quem for de carro ou de moto assistir às provas, o autódromo dispõe de estacionamento pago. O valor é de R$ 25, cobrado no momento da entrada. E assim como em todas as demais etapas do campeonato, os ingressos de arquibancada são gratuitos e podem ser retirados nos diversos pontos credenciadosVale lembrar que os ingressos para arquibancada são gratuitos.

A primeira rodada da temporada do SuperBike Brasil fora da cidade de São Paulo promete grandes disputas, algumas estreias e corridas de tirar o fôlego. A maior parte dos pilotos já deve chegar à capital paranaense nesta quarta-feira. Isso porque a pista estará liberada para os primeiros treinos extras na quinta. Esta sessão será fundamental para os pilotos que conhecem o traçado apenas por vídeos e farão suas estreias na pista de 3.695 metros, com dois ‘S’ e uma das maiores retas dentre os autódromos brasileiros.

A programação da etapa segue com os treinos livres ao longo de toda a sexta-feira e os classificatórios, que definem a ordem dos grids de largada, no sábado. Já no domingo, a temperatura esquenta e os pilotos voltam à pista para a disputa das corridas. O dia será repleto de emoções e grandes pegas no circuito que é marcado por trechos de alta velocidade. Ao todoserão sete largadas, que reunirão 18 categorias e cerca de 150 pilotos.

O SuperBike Brasil tem Patrocínio Silver Honda, Mobil, Pirelli e Yamaha. Patrocínio Bronze Premium de Kawasaki, Ducati e MotoSchool. Patrocínio Bronze de Shark, Diafrag, Alpinestars e Tutto Moto.   

SERVIÇO

6ª etapa do SuperBike Brasil

Dias: 09, 10 e 11 de setembro de 2016

Autódromo Internacional de Curitiba - Raul Boesel

Avenida Iraí, 16 - Pinhais - PR

Fotos: Nei Quadros/Divulgação/VGCOM e Johanes Duarte/VGCOM

Centro de Empreendedorismo e Artesanato de Pinhais (Ceart) oferta inscrições para os cursos de Salgados para Confeitaria, Preparo de Massas e Comida de Boteco

 As capacitações são gratuitas e as vagas são limitadas. Para realizar a inscrição é necessário apresentar RG e CPF

Exibindo Curso ceart.jpg

 

O Centro de Empreendedorismo e Artesanato de Pinhais (Ceart) abre inscrições para os cursos na área de gastronomia. As capacitações são gratuitas e as vagas são limitadas. Para realizar a inscrição é necessário apresentar RG e CPF.

Estão disponíveis inscrições para os seguintes cursos:

Salgados para Confeitaria

Inscrições de 5 a 6 de setembro e de 8 a 9 de setembro.

Período das aulas: de 12 a 16 de setembro, turno manhã.

Preparo de Massas

Inscrições: de 12 de setembro a 16 de setembro.

Período das aulas: de 19 a 23 de setembro, turno tarde.

Comida de Boteco

Inscrições de 19 de setembro a 23 de setembro.

Período das aulas: de 26 a 30 de setembro, turno tarde.

No Ceart também são realizadas capacitações que envolvem temas como empreendedorismo, gestão financeira, marketing, entre outros. Além disso, no mesmo espaço funciona o Banco do Empreendedor, que oferece orientações e microcréditos operacionalizados pela Agência Fomento Paraná, em parceria com a Prefeitura de Pinhais. O Ceart oferece também um espaço onde são oferecidas informações turísticas.

Serviço

As inscrições para os cursos devem ser realizadas no Ceart, localizado na Avenida Ayrton Senna da Silva, 2842, no bairro Estância Pinhais, de segunda à sexta- feira, das 8h às 17h. Mais informações pelo telefone (41) 3901-5826.

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Visitantes

001993695
Hoje
Ontem
Ultima Semana
Ultimos Mêses
Este Mês
Último Mes
Total Geral
221
2244
8208
1972185
45256
65721
1993695

Your IP: 173.245.54.11
Server Time: 2017-11-23 03:05:15

Facebook