O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

curtir

EDIÇÕES

 

EDIÇÃO JUNHO

EDIÇÃO MAIO

EDIÇÃO ABRIL

 EDIÇÃO MARÇO

 

EDIÇÃO DE FEVEREIRO

 

Além disso, a campanha também busca incentivar jovens entre 16 e 17 anos a tirarem o primeiro título de eleitor

 

O Cartório Eleitoral de Pinhais lança uma campanha que convida os eleitores a regularizarem sua situação perante a Justiça Eleitoral. O objetivo da “revisão do eleitorado”, como é chamado o processo para realizar o cadastro biométrico, é dar mais segurança à identificação pessoal no momento da votação. No último processo eleitoral quase 20 mil eleitores pinhaienses não compareceram ao recadastramento e tiveram seus títulos cancelados.
 
De acordo com o Cartório Eleitoral, no processo biométrico são capturadas as impressões digitais de todos os dedos das mãos do eleitor, assinatura e foto digitalizadas. Ao fim, é emitido um novo título que, na maioria dos casos, permanece com o mesmo número da inscrição. No momento da votação, o eleitor passa a ter a identidade confirmada ao colocar sua digital no terminal da urna eletrônica, não sendo mais necessária a assinatura no caderno de votação.
 
Para realizar a regularização, o cidadão que está com o título cancelado deve procurar a central de atendimento do Cartório Eleitoral com o documento de identidade oficial com foto e comprovante de residência do município. Quem está com o título cancelado pode enfrentar diversas dificuldades, como não poder votar, obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos bancários.
 
Cadastramento de Jovens

A campanha também convida jovens entre 16 e 17 anos, para quais o voto é facultativo, a se alistarem como eleitores do município. Jovens com esta idade não são obrigados a votar, mas já tem o direito garantido pela Constituição Federal, que estabelece que "a soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos".

Para tirar o primeiro título de eleitor, basta se dirigir ao Cartório Eleitoral de Pinhais levando carteira de identidade, comprovante de residência e certificado de reservista (caso já tenha mais de 18 anos).

Serviço

O Cartório Eleitoral fica na Rua África, 254, Centro de Pinhais. O atendimento é de segunda a sexta-feira das 12h às 19h. Mais informações pelos telefones 3667-1063 ou 3667-1009.
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes incentiva mobilização em defesa dos direitos deste público
No Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, a Secretaria de Saúde de Pinhais faz orientação sobre como proceder diante de uma suspeita de um caso de violência.A proposta do “18 de maio” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

Essa data ficou marcada porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. “É preciso garantir o direito ao desenvolvimento da sexualidadede forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual”, defende Karolyne Gaio Ribeiro, da Seção de Monitoramento e Análise Epidemiológica.

O que pode ser feito?

A violência contra criança e o adolescente precisa ser enfrentada por todos. Isoladamente ou em grupo,podemos influenciar na realidade existente na localidade onde vivemos.

Como agir em caso de violência contra crianças e adolescentes?

Se você tiver suspeita ou tem conhecimento de alguém que esteja sofrendo violência, denuncie! Isso pode ajudar crianças e adolescentes que estejam em situação de risco. As denúncias podem ser feitas a qualquer uma dessas instituições:

Conselho Tutelar: 992063657 / 99206-3661;Disque 100;e-mail: disquedenuncia@sedh.gov.br; escola, com professores, orientadores ou diretores;Unidades de Saúde;CRAS e CREAS: 3912-5220 / 3912-5221; delegacias especializadas ou comuns;Polícia Militar, Polícia Federal ou Polícia Rodoviária Federal;Número 190; pornografia na internet denuncie em: www.disque100.gov.br

Planalto nega que presidente tenha solicitado pagamentos. Segundo o colunista Lauro Jardim, de 'O Globo', informação faz parte do conteúdo da delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Depoimentos também citam Aécio Neves e Guido Mantega.

 

 

 

 

 

Os donos do frigorífico JBS, Joesley e Wesley Batista, disseram em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) que gravaram o presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), depois que ele foi preso na operação Lava Jato. A informação é do colunista do jornal "O Globo" Lauro Jardim.

Ainda não há informação sobre se a delação foi homologada. O Supremo Tribunal Federal (STF) não se pronunciou nesta quarta-feira (17) sobre a delação. Isso é importante porque a partir da homologação se pode levantar o sigilo e, com isso, se confirmar a fala do presidente. A TV Globo apurou que participantes da investigação confirmaram que tudo que O Globo publicou é verdade.

Segundo o jornal, o empresário Joesley entregou uma gravação feita em 7 de março deste ano em que Temer indica o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver assuntos da J&F, uma holding que controla o frigorífico JBS no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Rocha Loures já foi chefe de Relações Institucionais da Presidência, quando Temer era vice-presidente e assessor especial da presidência após o impeachment de Dilma Rousseff.

A reportagem relata que o dono da JBS marcou um encontro com Rocha Loures em Brasília e contou o que precisava no Cade. Pelo serviço, segundo 'O Globo', Joesley ofereceu propina de 5% e Rocha Lores deu o aval.

As negociações teriam continuado em outra reunião, entre Rocha Loures e Ricardo Saud, diretor da JBS. Foi combinado o pagamento de R$ 500 mil semanais por 20 anos, R$ 480 milhões ao longo de duas décadas. Posteriormente, Rocha Lourdes foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil, enviados por Joesley.

Confira a enorme e devastadora repercussão do noticiário do jornal O Globo

Confira a enorme e devastadora repercussão do noticiário do jornal O Globo

Em outra gravação, também de março, o empresário diz a Temer que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada para que permanecessem calados na prisão. Diante dessa informação, Temer diz, na gravação: "tem que manter isso, viu?"

Na delação de Joesley, o senador Aécio Neves (MG), presidente do PSDB, é gravado pedindo ao empresário R$ 2 milhões. No áudio, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato.

A entrega do dinheiro foi feita a Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio, que foi diretor da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), nomeado por Aécio, e um dos coordenadores de sua campanha a presidente em 2014.

Quem levou o dinheiro a Fred foi o diretor da JBS, Ricardo Saud. Foram quatro entregas, de R$ 500 mil cada uma. Um dos pagamentos foi filmado pela Polícia Federal (PF). A PF rastreou o caminho do dinheiro e descobriu que foi depositado numa empresa do senador Zezé Perrella (PSDB-MG).

Outra filmagem mostra que Fred repassou, ainda em São Paulo, as malas para Mendherson Souza Lima, secretário parlamentar de Perella.

Segundo a reportagem, no material que chegou às mãos do ministro Edson Fachin no STF a PGR diz ter elementos para afirmar que o dinheiro recebido pelos assessores de Aécio Neves não era para os advogados.

Outros lados
Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência disse que o presidente Michel Temer "jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Não participou nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar". (Veja no final do texto a íntegra da nota).

Aécio, também em nota, se declarou "absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos. No que se refere à relação com o senhor Joesley Batista, ela era estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com o setor público. O senador aguarda ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos necessários".

A JBS e a defesa de Eduardo Cunha informaram que não se pronunciarão.

O senador Zezé Perrella declarou, no Facebook: "Eu quero dizer para os que me conhecem e para os que não me conhecem que eu nunca falei com o dono da Friboi. Não conheço ninguém ligado a esse grupo. Nunca recebi de maneira oficial ou extra-oficial um real sequer dessa referida empresa".

"Estou absolutamente tranquilo. [...] Eu espero que todas as pessoas citadas tenham a oportunidade de esclarecer a sua participação. O sigilo das minhas empresas, dos meus filhos, estão absolutamente à disposição da Justiça. Ficará comprovado que não tenho nada a ver com essa história. Eu nunca estive em Lava Jato e nunca estarei", afirmou Perrella.

O deputado Rodrigo Rocha Loures está em Nova York e, segundo sua assessoria, só irá se pronunciar quando voltar ao Brasil. O retorno está programado para esta quinta-feira (18).

Segundo o jornal, em duas ocasiões em março deste ano Joesley conversou com Temer e com Aécio levando um gravador escondido.

O colunista conta que os irmãos Joesley e Wesley Batista estiveram na quarta-feira passada no Supremo Tribunal Federal (STF) no gabinete do ministro relator da Lava Jato, Edson Fachin – responsável por homologar a delação dos empresários. Diante dele, os empresários teriam confirmado que tudo o que contaram à PGR em abril foi de livre e espontânea vontade.

Joesley contou ainda que seu contato no PT era Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda de Lula e Dilma Rousseff. Segundo "O Globo", o empresário contou que era com Mantega que o dinheiro da propina era negociado para ser distribuído aos petistas e aliados, e também era o ex-ministro que operava os interesses da JBS no BNDES.

Reação do Palácio do Planalto foi dizer que acusações não procedem

Reação do Palácio do Planalto foi dizer que acusações não procedem

 

Cunha

 

Joesley disse na delação que pagou R$ 5 milhões para Eduardo Cunha após sua prisão na Lava Jato. O valor, segundo o jornal, seria referente a um saldo de propina que o deputado tinha com o empresário.

Joesley Batista disse ainda que devia R$ 20 milhões por uma tramitação de lei sobre a desoneração tributária do setor de frango.

 

Investigação

 

Segundo o jornal, pela primeira vez a PF fez "ações controladas" para obter provas. Os diálogos e as entregas de dinheiro foram filmadas e as cédulas tinham os númjeros de série controlados. As bolsas onde foram entregues as quantias tinham chips de rastreamento.

Durante todo o mês de abril, foram entregues quase R$ 3 milhões em propina rastreada.

O jornal informou que as conversas para a delação dos irmãos donos da JBS começaram no final de março. Os depoimentos foram coletados do início de abril até a primeira semana de maio. O negociador da delação foi o diretor jurídico da JBS, Francisco Assis da Silva, que depois também virou delator.

Veja a íntegra da nota do Palácio do Planato:

NOTA À IMPRENSA

O presidente Michel Temer jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar.

O encontro com o empresário Joesley Batista ocorreu no começo de março, no Palácio do Jaburu, mas não houve no diálogo nada que comprometesse a conduta do presidente da República.

O presidente defende ampla e profunda investigação para apurar todas as denúncias veiculadas pela imprensa, com a responsabilização dos eventuais envolvidos em quaisquer ilícitos que venham a ser comprovados.

SECRETARIA ESPECIAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PRESIDÊNCIA

Repercussão das denúncias está sendo desastrosa para a imagem do Brasil

Repercussão das denúncias está sendo desastrosa para a imagem do Brasil

Joesley e Wesley Batista relatam que receberam ameaças de morte

Joesley e Wesley Batista relatam que receberam ameaças de morte

Confira as repercussões no Congresso

Confira as repercussões no Congresso

Delação é entregue ao STF que não revelou se já foi homologada

Delação é entregue ao STF que não revelou se já foi homologada

Joesley Batista faz série de acusações graves contra o presidente Michel Temer

Joesley Batista faz série de acusações graves contra o presidente Michel Temer

 

 

Neste domingo (21.05) será realizada mais uma edição da tradicional prova Desafio Serra da Graciosa, evento esportivo de ciclismo de estrada e mountain bike. O DER-PR informa que a PR-410 (Estrada da Graciosa) será bloqueada completamente para o tráfego de veículos no período das 7h às 10h30. 

Os atletas percorrerão um trajeto de 19 quilômetros de subida, a partir da ponte do Rio Ipiranga, em Morretes, até o ponto mais alto da rodovia, próximo ao trevo de acesso a Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba.

Equipes da Polícia Rodoviária Estadual irão prestar apoio fazendo o bloqueio no trânsito com uma hora de antecedência em relação a largada, evitando riscos de acidentes entre veículos e bicicletas. O staff da prova também irá posicionar equipes nos cinco recantos (áreas de lazer) da estrada para orientar possíveis pedestres e motoristas que acessaram a rodovia antes do bloqueio.

 

A prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), realizará nos dias 16, 17 e 18 de agosto o VII Seminário Internacional de Educação. Neste ano, a ação seguirá a seguinte temática: “Reflexões Relacionais, Organizacionais e Deliberativas dos Saberes”.

As inscrições estão abertas e estão divididas em três etapas, sendo que a primeira encerra no dia 4 de junho. Esta etapa é dedicada aos profissionais que desejam submeter seus artigos científicos. Para a edição de 2017, os trabalhos poderão ser submetidos na modalidade de Comunicação Oral (pesquisas em andamento com resultados parciais ou concluídas) ou de Pôster (relatos de experiência pedagógica).

De acordo com a organização, o evento constitui um acontecimento ímpar de convergência acadêmica e de mobilização dos profissionais da educação, dos diferentes níveis, etapas e modalidades de ensino.

Inscrições

Os interessados deverão se inscrever no evento, submetendo trabalho ou não, por meio do formulário eletrônico, disponibilizado no site da Prefeitura de Pinhais. As inscrições dos participantes acontecem em três etapas distintas.

Para os profissionais de educação que desejam submeter seus artigos científicos, ainda inéditos concluídos ou não, as inscrições seguem até o dia 4 de junho. Entre os dias 5 e 9 de junho, para os profissionais indicados pelas unidades de ensino, da rede municipal e estadual. Já para os demais profissionais da área, as inscrições estarão abertas de 12 a 23 de junho, observando-se o limite de vagas disponibilizadas.

Serviço

O evento será realizado nos dias 16, 17 e 18 de agosto, nos Centros de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe), que ficam na Avenida Iraí, 696, bairro Weissópolis. Para acessar o formulário de inscrições e obter mais informações, acesse o link.

 

A Rede de Apoio ao Aleitamento Materno realiza um trabalho contínuo, por meio de capacitação, disseminação e sensibilização em relação à amamentação

Pinhais conta com a Rede de Apoio ao Aleitamento Materno desde 2014 e atua com intuito de treinar os profissionais indicados pelas Unidades de Saúde da Família para dar apoio às mães que estão amamentando. O propósito da Rede é de realizar um trabalho contínuo, por meio de capacitação, disseminação e sensibilização em relação ao aleitamento materno, para os profissionais da atenção primária, as gestantes, puérperas e sociedade em geral.

O grupo se reúne em diferentes ocasiões durante o ano. São realizados encontros a cada dois meses, que servem para troca de experiências, em que são comentados casos reais, trazidos pelos participantes. “Também realizamos cursos sobre o aleitamento materno; alimentação complementar, a partir de seis meses de vida; teatro e dinâmicas pertinentes ao assunto”, completa Valdirene Aparecida Pacheco dos Santos, do Núcleo de Apoio à Gestão Primária.

Em 2016 foi implantado o “Livro Ouro”, documento em que são registrados os atendimentos feitos para as nutrizes, nas unidades de saúde.Outra ação, desenvolvida por iniciativa de algumas unidades, é a adaptação de salas de aleitamento materno, espaços que visam proporcionar um ambiente próprio e reservado para a amamentação.

Doação de leite humano

O programa tem como objetivo atender mulheres lactantes e que desejam fazer a doação de leite humano. Cada unidade de saúde conta com dois profissionais “sentinelas”, que são referência em aleitamento materno. Eles estão aptos a prestar assistência à amamentação e doação de leite humano, tanto na unidade de saúde, quanto no domicílio, diariamente. Esses profissionais passam por capacitações constantes promovidas pelo estado, município e hospitais parceiros.

Para evitar que o leite seja desprezado, o município possui um entreposto de leite humano, localizado na Unidade de Saúde da Mulher e da Criança. Além disso, existe também a “rota do leite”, ocasião que os profissionais da saúde realizam visitas aos domicílios uma vez por semana para coletar o leite doado e prestar orientações às mulheres. A partir daí, o Hospital Evangélico retira as doações na Unidade de Saúde, encaminha o leite para a testagem necessária e depois o armazena para atender as crianças internadas na UTI neonatal.

Grupo de Gestantes

A promoção da qualidade de vida da mamãe e do bebê é o intuito principal das atividades dos Grupos de Gestantes das unidades de saúde, tendo como instrumento principal a intervenção multiprofissional, ou seja, vários profissionais abordando diversos temas que podem influenciar na gestação, parto, pós-parto e cuidados com o recém-nascido.

 

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Visitantes

001808140
Hoje
Ontem
Ultima Semana
Ultimos Mêses
Este Mês
Último Mes
Total Geral
20
2010
6299
1787257
45810
42621
1808140

Your IP: 54.81.139.235
Server Time: 2017-08-23 01:01:44

Facebook