O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

Foto de urna eletrônica. Perto dela, há uma máscara descartável, um frasco de álcool em gel e um...

Confira a seguir as principais orientações para que os eleitores possam exercer seu direito de voto com tranquilidade e segurança:

  • O primeiro turno acontece neste domingo (15), e o segundo turno, no dia 29 de novembro.
  • O voto é obrigatório para maiores de 18 anos e menores de 70 anos, sendo facultativo para os analfabetos e para os maiores de 70 anos, bem como para os eleitores de 16 e 17 anos.
  • O horário de votação foi ampliado este ano: será das 7h às 17h. As três primeiras horas – das 7h às 10h – serão preferenciais para as pessoas com mais de 60 anos.
  • O uso da máscara é obrigatório.
  • Se possível, leve a sua própria caneta. As seções terão algumas de reserva, mas é melhor não correr nenhum risco.
  • Você pode votar usando um documento oficial com foto ou o seu título de eleitor, ou ainda mostrar sua identificação visual por meio do aplicativo e-Título (opção disponível apenas para quem fez a biometria).
  • Caso tenha dúvida, consulte seu local de votação aqui.
  • No local da votação, é permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, dísticos, adesivos e camisetas.
  • Segundo a legislação eleitoral, no dia da votação, é proibida a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos.
  • Pode ir votar tranquilo: o TSE tomou inúmeras medidas de segurança para proteger os eleitores, mesários e colaboradores, visando reduzir as possibilidades de contaminação nas seções eleitorais.
  • Para garantir mais segurança, o fluxo de votação nas seções mudou. Fique atento às orientações dos mesários.
  • Na urna, primeiro você deve votar para vereador, depois para prefeito.
  • Se precisar, pode levar uma colinha com os números dos seus candidatos.
  • Higienize as mãos com álcool em gel antes e depois de votar. As seções terão álcool em gel à disposição de todos.
  • Mantenha a distância de, no mínimo, um metro das pessoas, e evite aglomerações.
  • Evite ficar nos locais de votação após votar.
  • Já votou? Então você já pode voltar para casa com a certeza do dever cumprido e de que ajudou a escolher o melhor para a sua cidade.
Saber Imobiliário 2020 será realizado de 30/11 a 04/12
 
A pandemia impôs mudanças e exigiu novas habilidades de todos os profissionais. No setor imobiliário, um dos segmentos com mais demandas de negócios ao longo de 2020, os corretores de imóveis vêm tendo de se adaptar enquanto atuam. Para dar suporte aos profissionais imobiliários nesse momento de mudanças, o Sistema Cofeci-Creci, o Sebrae e a plataforma Homer desenvolveram um intenso programa de transformação e inovação profissional, intitulado Saber Imobiliário 2020. A capacitação será gratuita, ministrada on-line, das 19h30 às 21h30, diariamente, de 30/11 a 04/12. 
 
“O Projeto Saber Imobiliário tem por objetivo promover inovação e transformação no trabalho dos profissionais do mercado imobiliário, capacitando-os por meio da indução e gestão do conhecimento ofertados por profissionais renomados do setor”, destaca João Teodoro, presidente do Sistema Cofeci-Creci.
 
O presidente do Creci-PR, Luiz Celso Castegnaro, relata que é gratificante ver um projeto nascido no Paraná crescer e se tornar nacional. “Em agosto realizamos em parceria com o Sebrae a Jornada Valorizar e Capacitar, o projeto foi tão bem aceito pelos corretores de imóveis que serviu de inspiração para o Conselho Federal criar o projeto Saber Imobiliário”.
 
A maratona de conhecimentos inicia com a palestra de Sandro Magaldi falando sobre as mudanças dos negócios e como os profissionais devem se preparar. O segundo dia a especialista em marketing estratégico, Camila Renaux, falará sobre mídias digitais, como elas funcionam, quais benefícios e cuidados, ética, posicionamento e cases de sucesso. Os contratos, em especial os imobiliários, serão o destaque do terceiro dia do projeto que terá como palestrante o presidente do Sistema Cofeci-Creci, João Teodoro da Silva. O quarto dia será com o economista e jornalista, Luís Artur Nogueira, o conteúdo será focado na gestão financeira e na previsibilidade de renda.
 
O encerramento do projeto ocorrerá no dia 04 de dezembro com a palestra Carreira e Mercado de Max Gehringer. Os corretores de imóveis terão a oportunidade de ouvir um dos palestrantes e executivos mais cobiçados do Brasil falando sobre as tendências do mundo corporativo e as maneiras de enxergar o futuro diante dos desafios atuais.
 
As vagas são limitadas. Os participantes deverão se inscrever previamente pelo link: http://saberimobiliario2020.com.br/. Os corretores de imóveis serão certificados, mediante presença nos treinamentos. 
 
 
SERVIÇO: 
SABER IMOBILIÁRIO 2020
Semana de Transformação Profissional para Corretores de Imóveis
De 30/11 a 04/12, com capacitação on-line e ao vivo, das 19h30 às 21h30
Custo: Gratuito
Vagas Limitadas
Certificação mediante presença nas atividades. 
Realização: Sistema Cofeci-Creci, Sebrae e Homer

 

agencia brasil

Urna eletrônica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Domingo é dia de ir às urnas em 26 estados. Em anos anteriores, os eleitores podiam treinar para o pleito em urnas eletrônicas de teste, que eram instaladas em locais de grande circulação. Desta vez, por causa da pandemia, o Tribunal Superior Eleitoral fez uma série de mudanças, e uma delas foi na simulação de voto.

Em vez de feiras livres e rodoviárias, o TSE colocou na internet o simulador de votação. Quem tiver deficiência visual pode usar a audiodescrição, como numa urna eletrônica real. Para votar no primeiro turno, é possível escolher entre cinco partidos: o do Folclore, dos Esportes, dos Ritmos Musicais, o Partido das Profissões e o das Festas Populares. Cada um tem três opções de vereador para escolher.

Cada candidato a vereador tem um número formado por cinco algarismos. Quem não tiver escolhido um nome, mas quiser votar em um partido, basta digitar os dois primeiros algarismos. Para votar no candidato exato, precisa digitar o número completo. Vai aparecer na tela a foto dela ou dele, com o nome, o número e o partido. Se estiver tudo certo, é só confirmar, no botão verde. Senão, corrige e digita de novo.

O próximo passo é o voto para prefeito. Nesse caso, o número do candidato é o mesmo que o do partido. Ao digitar, aparecem na tela as fotos do cabeça de chapa e do vice, os nomes, o número e o partido. Aí, basta confirmar ou corrigir. O voto é registrado e pronto.

Para não confundir com os números, a dica é preparar uma cola. O eleitor pode levar de casa o número já anotado em um papel (a cola) para a sessão eleitoral. Mas é importante anotar em papel. Não adianta levar escrito no celular ou tirar uma foto do número, porque é proibido levar qualquer equipamento eletrônico para a cabine de votação.

O Brasil tem 148 milhões de eleitores. No domingo, quem tem domicílio eleitoral nos 26 estados vai precisar votar ou justificar a ausência. Somente quem vota no Distrito Federal não vota nas eleições deste ano. Ao todo, são mais de 518 mil pessoas disputando uma vaga de vereador e outras 19.342 de prefeito.

 

Braço de telecomunicação da Copel foi vendido nesta segunda-feira (09) na B3, em São Paulo. Com quatro investidores disputando o certame, a empresa foi vendida com ágio de 70,94%, superando em quase R$ 1 bilhão o preço mínimo estipulado, que era de R$ 1,4 bilhão por 100% das ações.

 

A venda da subsidiária de telecomunicações da Copel arrecadou R$ 2,39 bilhões. O Fundo Bordeaux, representado pela corretora Planner, venceu o leilão de privatização, realizado nesta segunda-feira (9) na sede da B3, em São Paulo. Com quatro investidores disputando o certame, a empresa foi vendida com ágio de 70,94%, superando em quase R$ 1 bilhão o preço mínimo estipulado, que era de R$ 1,4 bilhão por 100% das ações.

Leia mais...

Será nesta segunda-feira (09.11). Do total, R$ 19,9 milhões são para consumidores que colocaram o CPF na nota fiscal nas compras feitas no comércio varejista e R$ 2 milhões para entidades sem fins lucrativos que solicitaram o CNPJ ou receberam doações de notas fiscais.

 

Nota Paraná premia um morador de Maringá e dois de Curitiba - Bem Paraná

 

O Programa Nota Paraná, do Governo do Estado e operacionalizado pela Secretaria da Fazenda, libera nesta segunda-feira (09/11) os créditos gerados pelas compras no mês de agosto. No total, serão pagos R$ 21,9 milhões em créditos a consumidores e entidades – R$ 3 milhões a mais do que o valor pago em outubro.

Deste total, R$ 19,9 milhões são para consumidores que colocaram o CPF na nota fiscal nas compras feitas no comércio varejista e R$ 2 milhões para entidades sem fins lucrativos que solicitaram o CNPJ ou receberam doações de notas fiscais.

Após registrar queda devido à diminuição na atividade econômica, como consequência da pandemia, o valor voltou a subir pelo quarto mês consecutivo.  Em outubro foram repassados R$ 18,9 milhões; em setembro, R$ 17,4 milhões; enquanto em agosto foram R$ 15,5 milhões (veja mais na tabela abaixo).

IMPORTÂNCIA – O Nota Paraná, além dos retornos em prêmios e créditos, promove o exercício da educação fiscal e da cidadania. O programa foi criado em 2015 para incentivar os consumidores a exigirem a emissão do documento fiscal para combater a sonegação.

Marta Gambini, coordenadora do programa, destaca também a redução da carga tributária individual como resultado da emissão de notas fiscais. “Todos reclamam que pagam muitos impostos, então vamos colocar o CPF na nota para reduzir essa carga individual”, enfatiza.

Os consumidores também podem optar por pedir nota e doar a entidades sem fins lucrativos. As doações podem ser feitas através do depósito da nota fiscal em uma urna da própria entidade ou através do aplicativo do Nota Paraná.

Desde que foi lançado o Nota Paraná já devolveu mais de R$ 1,9 bilhão entre créditos e prêmios aos consumidores.

SORTEIO – O Nota Paraná também fará nesta segunda-feira o sorteio de prêmios referentes às notas emitidas no mês de agosto. Mensalmente o programa distribui, através dos sorteios, 40.103 mil prêmios aos cidadãos cadastrados, totalizando um valor de R$ 2,8 milhões.  Para as entidades assistenciais cadastradas são 20.010 mil prêmios, totalizando R$2,2 milhões (confira a tabela abaixo).

Para participar, basta se cadastrar no site e aderir ao regulamento. Ao solicitar seu CPF na nota você ganhará um bilhete eletrônico pela primeira compra do mês. Depois, a cada R$200,00 em notas fiscais dá o direito a um bilhete para o sorteio de seu respectivo período de adesão. Os prêmios do sorteio poderão ser utilizados para abater do IPVA ou creditados na conta bancária do premiado.

A transferência de créditos do Nota Paraná para pagamento do IPVA 2021 segue até o dia 30/11, sem limite mínimo de valor. Mais informações você confere aqui.

Para se cadastrar e participar dos sorteios do Nota Paraná é só acessar o site www.notaparana.pr.gov.br clicar na opção “cadastre-se” e preencher os dados pessoais, como CPF, data de nascimento, nome completo, CEP e endereço de e-mail para criação da senha pessoal.

Confira os prêmios mensais:

Cidadãos cadastrados no Nota Paraná

1º prêmio R$ 1.000.000,00

2º prêmio R$ 200.000,00

3º prêmio R$ 200.000,00

100 prêmios de R$ 10.000,00

40.000 prêmios de R$ 10,00

TOTAL: 40.103 PRÊMIOS = R$ 2.800.000,00

Entidades assistenciais cadastradas no Nota Paraná

10 prêmios de R$ 20.000,00

20.000 prêmios de R$ 100,00

TOTAL: 20.010 PRÊMIOS = R$ 2.200.000,00

Confira os valores dos créditos repassados aos consumidores em 2020:

NOVEMBRO (compras de agosto): R$ 21,9 milhões

OUTUBRO (compras de julho): R$ 18,9 milhões

SETEMBRO (compras de junho): R$ 17,4 milhões

AGOSTO (compras de maio): R$ 16,5 milhões

JULHO (compras de abril): R$ 8 milhões

JUNHO (compras de março): R$ 8,5 milhões

MAIO (compras de fevereiro): R$ 17 milhões

ABRIL (compras de janeiro): R$ 19,3 milhões

MARÇO (compras de dez/19): R$ 32,2 milhões

FEVEREIRO (compras de nov/19): R$ 21,7 milhões

JANEIRO (compras de out/19): R$ 41,4 milhões.

 

Paraná agora acumula 214.014 diagnósticos positivos e 5.218 óbitos em decorrência da doença. Informe relata que há 697 pacientes com diagnóstico confirmado internados. Os falecimentos são cinco mulheres e seis homens, com idades entre 55 a 88 anos.

Coronavírus: Informe epidemiológico contabiliza 17 óbitos e 1.620 novas  infecções pela Covid-19 - Agência Estadual de Notícias

 

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (04), mais 1.026 novas infecções e 11 mortes pela Covid-19. O Paraná agora acumula 214.014 diagnósticos positivos e 5.218 óbitos em decorrência da doença. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto.

INTERNADOS –  O boletim relata que 697 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados nesta quarta-feira, sendo que 576 estão em leitos SUS (274 em UTI e 302 em enfermaria) e 121 na rede particular (38 em UTI e 83 em enfermaria).

Há outros 803 pacientes internados, 355 em leitos UTI e 448 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – Os 11 pacientes que faleceram estavam todos estavam internados. São cinco mulheres e seis homens, com idades que variam de 55 a 88 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 01 e 04 de novembro.

Os pacientes que faleceram residiam em Maringá (2) e um caso confirmado em cada um dos municípios de Araucária, Assis Chateaubriand, Cascavel, Cianorte, Ibaiti, Itaguajé, Santa Fé, Toledo e Umuarama.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria da Saúde registra 2.252 casos de residentes de fora,  sendo que 51  pessoas foram a óbito.

Confira o informe completo clicando  AQUI










 

 

Uma tempestade com chuva de granizo atingiu várias regiões de Curitiba e de cidades da Região Metropolitana na tarde desta terça (3). Os primeiros bairros  atingidos na capital foram Hauer, Boqueirão, Portão, Xaxim, Campo Comprido. Depois, a tempestade passou pelo Centro, Centro Cívico, São Lourenço, Bacacheri, Cabral, Cristo Rei, Jardim das Américas, Jardim Botânico, Abranches, Pilarzinho, Boa Vista, Tatuquara, entre outros.

Na altura do km 82 da BR-277, em Curitiba, a rodovia ficou coberta de gelo, parecendo neve. O mesmo aconteceu no trecho urbano da BR-116. Segundo informações da concessionária Auto Pista Sul, o Contorno Leste entre o Km 103 e o Km  106, em São José dos Pinhais, ficou interditada por 30 minutos por causa da chuva de granizo. De acordo com informações preliminares dos bombeiros, a maternidade do Hospital de São José dos Pinhais foi destelhada.

Relatório da Defesa Civil de Curitiba demonstra que a precipitação provocou danos nos telhados de 65 residências, que fizeram solicitação para a entrega emergencial de lona. Esse atendimento é feito pelos guardas municipais. Duas quedas de árvore foram registradas, nas regionais Boqueirão e Tatuquara. Até o momento, não há relatos de vítimas ou pessoas que precisaram deixar suas casas por conta dos estragos (desabrigados ou desalojados). Equipes da Defesa Social e Trânsito, FAS e Meio Ambiente continuam mobilizadas para os atendimentos que se fizerem necessários e ainda podem ser registrados. A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil alerta para a possibilidade de novas chuvas localizadas ao longo das próximas horas. Em caso de emergência, o cidadão deve recorrer aos telefones 199 (Defesa Civil - alagamentos), 153 (Guarda Municipal - fornecimento de lona), 156 (Central de Atendimento ao Cidadão da Prefeitura - quedas de árvore) e 193 (Corpo de Bombeiros - resgate).

Queda de temperatura

A temperatura em Curitiba despencou em poucas horas com a chegada de uma frente de instabilidade nete fim de tade de terça-feira (3). A tarde na Capital começou amena. Pouco depois das 14 horas fazia 23ºC. Com a passagem da frente que provocou a pancada forte de chuva com granizo, no final da tarde, a temperatura caiu para 10,4ºC com sensação térmica de 9ºC, por causa do vento gelado.

No início da tarde, o Instituto Simepar já previa áreas de instabilidade estão se desenvolvendo sobre as regiões Central, Campos Gerais, centro sul, Sul e Sudoeste, divisa com Santa Catarina. Segundo o instituto, até o período da noite novas áreas de instabilidade vão se desenvolver desde o Oeste até o Litoral do Estado e ocasionar mais pancadas de chuvas isoladas com incidência de trovoadas.  O calor voltou a se intensificar e as temperaturas já ultrapassam os 30 °C no Sudoeste, Oeste e Noroeste do Estado.

Balanço de outubro

O mês de outubro terminou com o acumulado de chuva abaixo da média mensal no Paraná, assim como já havia ocorrido em setembro. Apesar das chuvas voltarem a ocorrer com uma maior frequencia, ainda não foi o suficiente para que o volume alcançe os valores normalmente registrados.

F:bemparana

Josianne Ritz e Mario Akira

Auxílio emergencial, Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal liberou hoje (27) o saque em espécie e transferências do auxílio emergencial para 3,8 milhões de beneficiários nascidos em dezembro. Esses beneficiários, que não fazem parte do Bolsa Família, tiveram o dinheiro creditado na poupança social digital no dia 30 de setembro. Foram pagos, na ocasião, R$ 2,5 bilhões para esse público, no ciclo 2 de pagamentos do programa.

Com a liberação de hoje, a Caixa encerra o calendário desse ciclo. No ciclo 2 do auxílio emergencial, mais três públicos foram incluídos: trabalhadores que fizeram o cadastro nas agências dos Correios entre 2 de junho e 8 de julho; trabalhadores que fizeram a contestação pelo site da Caixa ou App Caixa Auxílio Emergencial de 3 de julho a 16 de agosto e foram considerados elegíveis; e beneficiários que tenham recebido a primeira parcela em meses anteriores, mas que tiveram o benefício reavaliado em agosto.

Aqueles que tiveram os pagamentos retidos receberam todas as parcelas a que têm direito de uma só vez, dentro do ciclo 2. Já os trabalhadores que optaram por realizar o cadastro nos Correios e aqueles que contestaram receberam a primeira parcela dentro do ciclo 2. As parcelas P2 e P3 serão pagas no ciclo 3 e as parcelas P4 e P5, no ciclo 4.

Os saques em dinheiro podem ser feitos nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou mesmo nas agências. A Caixa reforça que não é preciso madrugar nas filas à espera de atendimento. Todas as pessoas que comparecerem, de segunda a sexta, das 8h às 13h, serão atendidas no mesmo dia.

Além disso, ainda é possível movimentar os recursos pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele, é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas, ou transferir os recursos para outra conta.

Para o saque em espécie, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção saque sem cartão e gerar código de saque. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. Esse código deve ser utilizado para a retirada do dinheiro.

O calendário de pagamentos do auxílio emergencial é organizado em ciclos de crédito em conta poupança social digital e de saque em espécie. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período, de acordo com o mês de nascimento. Já os beneficiários do Bolsa Família recebem o auxílio de acordo com o calendário e critérios de pagamento do programa.

Segunda parcela do auxílio extensão

A Caixa faz hoje, o pagamento de R$ 420,3 milhões referentes à segunda parcela do auxílio emergencial extensão para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final de NIS número 7. Ao todo, mais de 16 milhões de pessoas cadastradas no programa foram consideradas elegíveis para a segunda parcela do auxílio extensão e receberão, no total, R$ 4,2 bilhões durante o mês de outubro.

O auxílio emergencial criado em abril pelo governo federal, pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães solteiras, foi estendido até 31 de dezembro, por meio da Medida Provisória (MP) 1000. O auxílio emergencial extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600.

De acordo com a Caixa, não há necessidade de novo requerimento para receber a extensão do auxílio. Somente aqueles que já foram beneficiados e se enquadram nos novos requisitos estabelecidos na MP, terão direito a continuar recebendo o benefício.

No caso dos beneficiários do Bolsa Família, eles recebem o valor do programa complementado pela extensão do auxílio emergencial em até R$ 300 ou R$ 600 para mães solteiras. Se o valor do Bolsa Família for igual ou maior que R$ 300 ou R$ 600 o beneficiário receberá o valor do Bolsa Família, sempre privilegiando o benefício de maior valor.

Fachada da Caixa Econômica Federal

A Caixa atingiu nessa quarta-feira (21) a marca de R$ 25 bilhões disponibilizados para micro e pequenas empresas nas principais linhas de crédito durante a pandemia da covid- 19. Ao todo, cerca de 200 mil empresas fecharam contratos.

No Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), foram contratados R$ 12 bilhões desde 16 de junho, quando o banco começou a operar a linha.

Pelo Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), foram emprestados R$ 10,5 bilhões. Essa linha oferece taxa de juros a partir de 0,63% ao mês. O cliente tem até 60 meses para quitar o empréstimo e conta com uma carência nos pagamentos que varia de seis a 12 meses.

No caso do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), em parceria com o Sebrae, foram liberados R$ 2,5 bilhões. Essa linha pode garantir, de forma complementar, até 80% de uma operação de crédito contratada, dependendo do porte empresarial do solicitante e da modalidade de financiamento.

Como contratar

Segundo a Caixa, para contratar qualquer uma das linhas, com exceção do Pronampe, que já teve seu limite atingido, os clientes podem acessar o site e preencher um formulário de interesse ao crédito.

O banco entrará em contato se a empresa estiver apta a contratar o financiamento. A solicitação também pode ser feita nas agências da Caixa.

f:agenciabrasil

PUBLICIDADE LEGAL

 

PUBLIQUE SÚMULAS

FALE CONOSCO

tudoPinhais@gmail.com

(41) 36638447

41-99690-0125

 

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Visitantes

004717322
Hoje
Ontem
Ultima Semana
Ultimos Mêses
Este Mês
Último Mes
Total Geral
936
1987
2923
4698340
42493
69058
4717322

Your IP: 162.158.75.206
Server Time: 2021-04-19 07:02:19

Facebook