O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

principal

A equipe da Fundação de Ação Social (FAS) fez um trabalho de abordagem com as pessoas em situação de rua antes e durante a limpeza do calçadão da Rua XV de Novembro.  Apenas durante essa ação, educadores, assistentes sociais e psicólogos orientaram 36 pessoas sobre a lavagem e os serviços ofertados pela fundação, além de oferecer acolhimento para quem precisava de abrigo. Ao todo 20 funcionários participaram do atendimento.

“A FAS tem papel de proteção dos direitos humanos e, por isto, fazemos abordagens contínuas e qualificadas de orientação para garantir os direitos dos cidadãos. Entretanto, nos últimos dois dias, potencializamos a ação, ampliando as equipes e trabalhando para providenciar acolhimento para as pessoas em situação de rua que pudessem ser afetadas por esse trabalho de limpeza pública”, explicou a presidente da FAS, Larissa Tissot.

Do total de pessoas abordadas, sete aceitaram ser abrigadas e uma foi encaminhada pela equipe de assistência social para uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA). Outras 13 não aceitaram atendimento. Larissa lembrou que todos os que foram abordados e aceitaram ser acolhidos receberam abrigo e tiveram os seus pertences salvaguardados pelas equipes da FAS. 

De acordo com a diretora de Projetos Especiais da FAS, Maria Alice Erthal, responsável pela política da pessoa em situação de rua, por determinação do prefeito Rafael Greca, desde o início de janeiro, a fundação intensificou o trabalho de abordagem social. “Durante essas ações, que estão acontecendo inicialmente na região central, as equipes orientam sobre os serviços que o município oferece e que contribuem para o resgate da cidadania dessa população”, disse. 

PUBLICIDADE LEGAL

 

PUBLIQUE SÚMULAS

FALE CONOSCO

tudoPinhais@gmail.com

(41) 36638447

41-99690-0125

 

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Facebook