Motoristas e cobradores da Araucária Filial cobram vale-alimentação.
Empregados da TransTupi também reivindicam benefício e salário.

Motoristas e cobradores da Araucária Filial paralisam atividades (Foto: Sindimoc/Arquivo pessoal)

Cerca de 1,2 funcionários, entre motoristas e cobradores, da empresa de ônibus Araucária Filial entraram em greve na manhã desta quinta-feira (9). Eles reivindicam o pagamento do vale-alimentação de R$ 500; segundo os empregados, o benefício está atrasado desde segunda-feira (6).

Como já havia indicativo aprovado de greve antes, os trabalhadores decidiram paralisar 100% as atividades e afirmam que só voltam ao trabalho com o pagamento na conta.

A empresa tem 21 linhas (veja a lista abaixo) e atende às regiões leste e sul de Curitiba, além de fazer o transporte metropolitano de Araucária, Contenda e Campo Largo.

Linhas da Araucária Filial:
Augusta;
Campo Comprido-Capão Raso -- Alimentador;
Campo Comprido-CIC -- Alimentador;
Campina do Siqueira-Batel -- Troncal;
Centenário-Campo Comprido -- Expresso;
Detran-Vicente Machado -- Convencional;
Inter 2 (anti-horário) -- Linha Direta;
Inter 2 (horário) -- Linha Direta;
Interbairros 2 (anti-horário);
Interbairros IV;
Interbairros V;
Jardim Esplanada -- Convencional;
Mossunguê -- Alimentador;
Nsa. Sra. da Luz -- Convencional;
Pinhais-Campo Comprido -- Linha Direta;
Rua XV-Barigui -- Convencional;
Tramontina -- Convencional;
V. Marquet -- Alimentador;
V. Sandra --Convencional;
V. Velha --Convencional;
V. Verde.