O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

curtir

EDIÇÕES

 

EDIÇÃO JUNHO

EDIÇÃO MAIO

EDIÇÃO ABRIL

 EDIÇÃO MARÇO

 

EDIÇÃO DE FEVEREIRO

 

Em parceria com o aniversário da Polícia Civil com o início do trabalho (164 anos) e os 83 anos da Escola Superior da Polícia Civil (ESPC), uma iniciativa de eventos comemorativos como inscrições para o Campeonato de Tiro Misto ea XIV Corrida da Polícia Civil . 


CAMPEONATO DE TIRO MISTO - À medida que são inscrições são fornecidas entre os dias 20 a 28 de julho e jornada de policiais do estado do Paraná, além de convidados. A competição será em equipes, formadas por três integrantes, sendo obrigatória a participação mista, entre homens e mulheres. A disputa sera realizada em duas etapas. 

A primeira fase classificatória nas cidades de Curitiba, Londrina e Foz do Iguaçu. Como cinco primeiras equipes são classificadas para concorrerem a etapa final no dia 1º de setembro, sem estande de tiros da ESPC, na capital. Como inscrições são limitadas para 90 pessoas, sendo que cada cidade terá 30 vagas. 

À medida que os equipamentos são fornecidos por inscrições por e-mail. Etapa de Curitiba: espccuritiba@gmail.com, Etapa de Londrina: espclondrina@gmal.com e etapa Foz do Iguaçu: espcfoz@gmail.com. Não existe taxa de inscrição.

XIV CORRIDA DA POLÍCIA CIVIL - A corrida que acontecerá no dia 3 de setembro e aberta ao público. Como saídas são marcadas para as 8h da manhã na frente da ESPC. Como inscrições são fornecidos entre os dias 19 de julho e 25 de agosto. Serão duas provas, cinco e dez. Podem participar do evento homens e mulheres, a partir de 15 anos, para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Serão duas provas, cinco e dez. Podem participar do evento homens e mulheres, a partir de 15 anos, Para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Serão duas provas, cinco e dez. Podem participar do evento homens e mulheres, a partir de 15 anos, para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Serão duas provas, cinco e dez. Podem participar do evento homens e mulheres, a partir de 15 anos, para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Serão duas provas, cinco e dez. Podem participar do evento homens e mulheres, a partir de 15 anos, para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Mais informações nos links abaixo. Serão duas provas, cinco e dez. Podem participar do evento homens e mulheres, a partir de 15 anos, para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Mais informações nos links abaixo. Serão duas provas, cinco e dez. Podem participar do evento homens e mulheres, a partir de 15 anos, para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de cinco milhas a partir de 16 anos, para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo. Para uma prova de dez milhas. Políticas civis terão desconto na taxa de inscrição. Mais informações nos links abaixo.

Http://www.policiacivil.pr.gov.br/arquivos/File/ASS_IMPRENSA/01.pdf

Link corrida: https://www.ticketagora.com.br/e/Xiv-Corrida-De-Rua-Da-Policia-Civil-Do-Parana-4550?origem=TICKETAGORA&campanha=

Quem vai aproveitar o feriado de Páscoa para viajar deve redobrar a atenção com as condições do trânsito nos próximos dias. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) divulgou nesta quarta-feira (12) os horários de pico previstos nas rodovias paranaenses durante a Operação Páscoa.

A estimativa é que o fluxo nos mais de 13 mil quilômetros de rodovias do Paraná aumente em 50% em determinados períodos.

As maiores concentrações de veículos estão previstas na quinta-feira (13) a partir das 14 horas, na sexta das 7h às 14h, no domingo após o meio-dia e na segunda entre 6h e 10h.

A recomendação da PRE e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) é que os motoristas procurem horários alternativos. “A Páscoa é tradicionalmente uma data em que muitas pessoas utilizam as rodovias para visitar os familiares de outras cidades. Nossa dica é que o motorista descanse bem antes de viajar, respeite os limites de velocidade e, caso seja possível, viaje em horários alternativos ao de pico”, explica o tenente-coronel Antônio Zanatta Neto, comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária.

Para atender essa demanda e acompanhar as condições da rodovia, a PRE contará com 58 postos e mais equipes de apoio nos horários de maior fluxo durante os cinco dias da operação. “Todas as ações desenvolvidas pela Polícia Rodoviária visam preservar a vida, nosso maior patrimônio”, acrescenta o tenente-coronel.

FISCALIZAÇÃO – além dos postos de atendimento, a Polícia Rodoviária irá reforçar as ações para coibir as infrações nas rodovias. Durante a Operação Páscoa, serão 42 aparelhos de radar móvel fotográfico operando em diferentes pontos das rodovias do Paraná.

Os policiais também vão contar com cerca de 70 etilômetros para identificar motoristas que estão dirigindo sob a influência de álcool. As penas para quem comete esse tipo infração é de multa de R$ 2.934,70, suspensão da carteira de habilitação e retenção do veículo.

Na Operação Páscoa de 2016 foram feitos 1.309 teste etilométricos e 31 motoristas foram flagrados dirigindo embriagados ou de outra substância psicoativa. O caso também é considerado crime de trânsito com desdobramentos civis e criminais, que pode receber pena de seis meses a três anos de detenção.

(Foto: Allan Costa / Rede Massa) - Jovem é executado com vários tiros na Vila Amélia

(Foto: Allan Costa / Rede Massa)

Um jovem de 23 anos, identificado como Rafael Benvenutti, foi assassinado a tiros na noite desta quinta-feira (6), enquanto caminhava pela Rua Costa e Silva, na Vila Amélia, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Segundo informações, a vítima foi abordada por dois indivíduos em um veículo quando um deles desceu armado e efetuou mais de dez tiros.

O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local. De acordo com a Polícia Militar, o rapaz é ‘figura conhecida’ pelos policiais e acumula passagens pela polícia.

O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A Delegacia de Pinhais investiga o caso.

 

Informação é do diretor do Departamento Penitenciário do Paraná.
Agente penitenciária é mantida refém Piraquara deste a noite de quinta (9).

 

Após um policial detonar um dispositivo de fumaça no Presídio Central Estadual Feminino de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, na manhã desta sexta-feira (10), todas as detentas se rebelaram, de acordo com o diretor do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), Luiz Alberto Cartaxo.

Segundo Cartaxo, a tropa de choque da Polícia Militar (PM) entrou na parte do presídio onde as presas estavam concentradas para adotar os procedimentos para a libertação da agente penitenciária mantida refém, quando o policial detonou o dispostivo de fumaça. A partir de então, a rebelião tomou conta da unidade.

O diretor do Depen disse que a penitenciária tem aproximadamente 400 detentas

No início da manhã, conforme o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen), entre 180 e 190 presas estavam rebeladas, das galerias B e C. O número também tinha sido confirmado por Cartaxo.

Às 14h15, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) informou que a negociação continuava para o fim da rebelião e a libertação da refém.

Como começou
De acordo com o Sindarspen, uma agente penitenciária começou a ser feita refém no início da noite de quinta (9). Ela foi chamada por uma detenta que estava gritando e que a rendeu com um pedaço de caco de vidro.

A presa pegou o molho de chaves da agente penitenciária e abriu todas as celas da galeria C, que abriga 120 presas.

Ainda segundo o Sindarspen, presas da galeria B também se rebeleram.

Negociação
Uma equipe de negociação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) está local desde a noite de quinta-feira, quando a confusão começou.

Além do Bope, também estão no presídio representantes da chefia do Depen, da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil e do Conselho da Comunidade na Execução Penal da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba.

Nota do Departamento Penitenciário do Paraná
O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) informa que retomou as negociações com as presas da Penitenciária Feminina de Piraquara após um incidente dentro da unidade – quando foi detonado um artefato. O Diretor do Depen, Luiz Alberto Cartaxo de Moura, assim como o juiz da Vara de Execuções Penais (VEP), estão se deslocando até a unidade prisional para ouvir as reivindicações das presas.

Desde o fim da tarde de quinta-feira (9) uma agente penitenciária é feita refém. Até o momento não há informações sobre feridos. Por questão de segurança, algumas detentas que estavam isoladas (seguro) foram transferidas.

Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), unidade de elite da Polícia Militar, estão à frente da negociação com as presas. A Direção da unidade prisional e o SOE (Seção de Operações Especiais) acompanham as negociações.

Por motivo de segurança dos familiares, as visitas foram suspensas no Complexo Penitenciário de Piraquara até que seja restabelecida a normalidade.

A Penitenciária Feminina de Piraquara tem capacidade para 370 detentas e abriga atualmente 440.

Presídio Central Estadual Feminino de Piraquara (Foto: Dulcineia Novaes)Detentas do Presídio Central Estadual Feminino de Piraquara se rebelaram (Foto: Dulcineia Novaes)

Um taxista que estava na fila de táxi na Millenium em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na madrugada desta segunda (13), foi atingido por uma bala perdida na perna.

Um rapaz entrou no carro e começou uma discussão com outras pessoas que estavam em outro carro, quando começou um tiroteio. Um dos tiros acertou a perna do taxista que foi socorrido por colegas de trabalho  e levado até o hospital Cajuru. Ele não corre risco de morte.

O carro que participou do tiroteio na fuga acabou colidindo o carro no portão da Subway na Rodovia João Leopoldo Jacomel. 

(Foto: João Carlos Frigério/Plantão190) - Três jovens são baleados em Pinhais

(Foto: João Carlos Frigério/Plantão190)

Três jovens forma baleados na noite desta terça-feira (24) no bairro Vargem Grande, em Pinhais. De acordo com informações de uma testemunha, um grupo de aproximadamente 10 jovens estava reunido na esquina das ruas Aluísio de Azevedo e Rui Barbosa quando um veículo se aproximou e um dos ocupantes efetuou vários disparos. 

Três jovens foram atingidos pelos tiros. Um deles foi socorrido por amigos e encaminhado ao Hospital Angelina Caron. Outro foi socorrido pelo SIATE e encaminhado ao Hospital do Trabalhador. O terceiro foi encaminhado pelo SAMU ao Hospital Cajuru. O estado de saúde do trio era estável. 

Até o momento, a polícia não tem pista de quem são os autores dos disparos.

 

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

tudoPinhais@gmail.com

 

Facebook